Amil assume 100% do plano de saúde Ana Costa e 70% do hospital

O processo de venda do Hospital Ana Costa e do plano de saúde ligado ao complexo de saúde à Amil Assistência Médica Internacional foi concluído na segunda-feira (31). O valor da operação não foi divulgado.

A transação terminou após o aval da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), autarquia ligada ao Ministério da Justiça.

Conforme apurado por A Tribuna, o novo grupo já assumiu nesta terça (1°) a gestão do hospital, que será dirigido pela médica pediatra Isabelle Mayuri Tatsui Tarquinio.

Ex-diretora de Planejamento da Secretaria de Saúde de São Vicente e ex-superintendente do Hospital Municipal Universitário de São Bernardo do Campo, ela inclusive já fez ontem uma reunião com alguns representantes do corpo clínico, funcionários e diretores do grupo empresarial que adquiriu 100% do plano de saúde e 70% do hospital.

A Amil, por meio de nota, informou que “a operação está alinhada à estratégia de investimento constante em serviços de saúde, que visa fortalecer a estrutura médica brasileira, contribuindo para que o sistema de saúde suplementar do país funcione melhor para todos”.

Serviços mantidos

A empresa manterá os serviços aos clientes da Baixada Santista nos nove centros assistenciais, no hospital localizado à Rua Pedro Américo, 60, no Campo Grande, em Santos, assim como no complexo de São Vicente, na Avenida Marechal Cândido Rondon, 155, no Parque Bitaru.

Os cerca de 110 mil beneficiários dos planos de saúde e odontológico do Ana Costa Saúde passam a ser geridos pela Amil, a maior operadora de saúde do País, segundo a ANS, com 6,1 milhões de clientes.

A empresa faz parte do United Health Group Brasil (UHG), um dos maiores conglomerados de saúde do mundo. Em Santos, o grupo também é proprietário do Hospital Vitória, na Rua Monsenhor de Paula Rodrigues, na Vila Belmiro.

Fonte: A Tribuna